White Night Melbourne 2014

E lá fomos nós para a segunda edição do evento mais incrível da cidade! Noite linda e perfeita, estava até friozinho… Melhor que isso, só ter ficado lá até as 7 da manhã, como eu tinha planejado! Porém, mesmo indo embora mais cedo, consegui realizar um sonho de muitos anos atrás: dançar numa chuva púrpura! Confesso publicamente que sempre fui fã da música Purple Rain, do Prince. Ano passado minha apreciação por ela cresceu (e muito!), quando a vencedora do The X Factor Australia, Dami Im, interpretou a música DE FORMA ESPETACULAR! Desculpe Prince, mas você não tem a menor chance depois disso! Renovado o meu gosto pela tal música, sempre ficava imaginando aquela chuva. E ontem tive a alegria de poder dançar, cantar, rir e brincar na chuva púrpura! Parecia criança! Mas nem liguei… Aproveitei cada segundo!

Purple rain foi um dos programas da White Night Melbourne desse ano. Para saber mais sobre o evento, leia meu post do ano passado. Purple rain é uma inesquecível experiência sensorial que provou ser uma das obras mais populares da “Nuit Blanche” em Paris. É composta por uma instalação sonora e visual deslumbrante, que estimula você a pegar um guarda-chuva e passear na chuva de cor de púrpura. Referenciando a trilha composta pelo famoso músico Prince, o artista francês Pierre Ardouvin literalmente interpreta o espírito melancólico dos anos 80, com a trilha sonora penetrante para corresponder.

 “Roxa é a cor das horas pequenas, aqueles momentos de transição…Entre  o triste e o sublime. Como  o arco-íris,  um sorteio de noites brancas sobre o roxo em suas fronteiras…”- Guillaume Désanges

As  instalações, esculturas, fotografias e desenhos  de Ardouvin buscam invocar visões  de cenas ou objetos que  nos parecem familiar, criando um sentimento, muitas vezes inquietante, de “déjà-vu”. Em seus últimos trabalhos, as emoções são transmitidas através da  sua descrição precisa e artificial na própria natureza. Como que invadindo um set de filmagem, não há nenhuma tentativa de esconder o evento encenado. Com um incentivo ao público para confundir transtorno com nostalgia, este chuveiro ultravioleta é uma reflexão pessoal do artista, em um período de extrema extravagância, fervor e contradição.
Enfim, entre tantos outros eventos extraodinários, terminei a noite realizando um desejo antigo. Viver em Melbourne tem me trazido tantas coisas boas, tantas experiências incríveis, que só posso ser grata de todo o meu coração. Continuo fechando os olhos toda noite antes de dormir e minhas últimas palavras são sempre as mesmas: Obrigada, obrigada, obrigada Deus!
Chega de blá blá blá; vamos às fotos e vídeos! Espero que gostem! = )

Este slideshow necessita de JavaScript.

4 comentários em “White Night Melbourne 2014”

  1. Oi Carol, tudo bem? Estou te escrevendo por dois motivos: primeiro para saber se o email blogmelbourneaustralia@gmail.com é ainda o que você usa para se corresponder com os visitantes do seu blog e segundo para te perguntar se você teria paciência para responder algumas perguntas sobre como é viver em Melbourne!🙂
    Super, super, super obrigada!
    Thelma

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s