White Night Melbourne 2014

E lá fomos nós para a segunda edição do evento mais incrível da cidade! Noite linda e perfeita, estava até friozinho… Melhor que isso, só ter ficado lá até as 7 da manhã, como eu tinha planejado! Porém, mesmo indo embora mais cedo, consegui realizar um sonho de muitos anos atrás: dançar numa chuva púrpura! Confesso publicamente que sempre fui fã da música Purple Rain, do Prince. Ano passado minha apreciação por ela cresceu (e muito!), quando a vencedora do The X Factor Australia, Dami Im, interpretou a música DE FORMA ESPETACULAR! Desculpe Prince, mas você não tem a menor chance depois disso! Renovado o meu gosto pela tal música, sempre ficava imaginando aquela chuva. E ontem tive a alegria de poder dançar, cantar, rir e brincar na chuva púrpura! Parecia criança! Mas nem liguei… Aproveitei cada segundo!

Purple rain foi um dos programas da White Night Melbourne desse ano. Para saber mais sobre o evento, leia meu post do ano passado. Purple rain é uma inesquecível experiência sensorial que provou ser uma das obras mais populares da “Nuit Blanche” em Paris. É composta por uma instalação sonora e visual deslumbrante, que estimula você a pegar um guarda-chuva e passear na chuva de cor de púrpura. Referenciando a trilha composta pelo famoso músico Prince, o artista francês Pierre Ardouvin literalmente interpreta o espírito melancólico dos anos 80, com a trilha sonora penetrante para corresponder.

 “Roxa é a cor das horas pequenas, aqueles momentos de transição…Entre  o triste e o sublime. Como  o arco-íris,  um sorteio de noites brancas sobre o roxo em suas fronteiras…”- Guillaume Désanges

As  instalações, esculturas, fotografias e desenhos  de Ardouvin buscam invocar visões  de cenas ou objetos que  nos parecem familiar, criando um sentimento, muitas vezes inquietante, de “déjà-vu”. Em seus últimos trabalhos, as emoções são transmitidas através da  sua descrição precisa e artificial na própria natureza. Como que invadindo um set de filmagem, não há nenhuma tentativa de esconder o evento encenado. Com um incentivo ao público para confundir transtorno com nostalgia, este chuveiro ultravioleta é uma reflexão pessoal do artista, em um período de extrema extravagância, fervor e contradição.
Enfim, entre tantos outros eventos extraodinários, terminei a noite realizando um desejo antigo. Viver em Melbourne tem me trazido tantas coisas boas, tantas experiências incríveis, que só posso ser grata de todo o meu coração. Continuo fechando os olhos toda noite antes de dormir e minhas últimas palavras são sempre as mesmas: Obrigada, obrigada, obrigada Deus!
Chega de blá blá blá; vamos às fotos e vídeos! Espero que gostem! = )

Este slideshow necessita de JavaScript.

E Ele É Mesmo Brasileiro!

Não sei se vocês estão lembrados, mas em março desse ano, escrevi rapidamente sobre o concurso The Best Jobs In The World, oferecendo ao mundo 6 incríveis vagas aqui na Austrália. Terminei despretensiosamente meu pequeno post, comentando que seria muito legal ter um brasileiro trabalhando em um dos cargos disponíveis. Acompanhei por um tempo as notícias sobre o processo de recrutamento e entrevistas, mas acabei esquecendo do fato. Para a minha total alegria, dias desses “tropecei” na notícia de que um brasileiro REALMENTE foi escolhido na categoria Lifestyle Photographer, para trabalhar na revista Time Out Melbourne.

Sei que estou bem atrasada com a notícia e que o resultado já saiu faz tempo, mas queria muito deixar registrada minha satisfação em ver o brasileiro Roberto Seba desempenhando sua função de Fotógrafo por aqui. Para quem quiser acompanhar sua trajetória durante o período em Down Under, é só curtir a página dele no FACEBOOK e também dar uma conferida no seu INSTAGRAM, repleto de fotos lindas. Vale a pena gastar uns minutinhos conhecendo mais do trabalho dele e, de quebra, conhecer mais dessa cidade maravilhosa, que eu “amadoramente” tento divulgar e mostrar aos meus leitores brazucas.

Como eu “disse” pro Roberto no Instagram dele dia desses, não sei quem tem mais sorte: se ele, pelo privilégio de passar esse tempo aqui nessa cidade incrível, ou se Melbourne, por ter um brasileiro desempenhando apaixonadamente essa função. De qualquer forma, vale conferir o trabalho dele nas redes sociais e ver a cidade por outros olhos e ângulos. Tenho certeza de que o excelente trabalho dele vai contribuir muito para que os brasileiros se encantem ainda mais por essa cidade linda e seu peculiar dia-a-dia…

1002062_529908413724960_657542815_n
Foto do Facebook do Roberto Seba

Os Melhores Empregos Do Mundo

E novamente a Austrália começa a campanha para o melhor emprego do mundo! “Em 2009, a empresa de turismo Tourism Queensland já realizou uma ação semelhante: naquela altura, os candidatos de todo o mundo competiram para o cargo de zelador da Ilha Hamilton. Este ano, os estrangeiros são convidados a trabalhar como um comentarista de “social media”, um especialista em boa comida e bebida, um aventureiro no outback, um ranger de parque nacional, um fotógrafo e um perito na supervisão da vida selvagem. Os candidatos aprovados terão a oportunidade de ganhar mais de $ 100 mil por 6 meses e, em seguida, voltarão para casa” (Radio Voz da Russia).

Para os interessados, seguem a página de divulgação no Facebook e o vídeo apresentado pelo vencedor da primeira campanha, Ben Southall, que trabalhou na Ilha Hamilton. Seria muito legal ter um brasileiro trabalhando em um desses cargos, não seria???

Detalhes das vagas e como se candidatar.
Detalhes das vagas e como se candidatar.

https://www.facebook.com/AustralianWorkingHoliday

10 Anos De Federation Square

A Federation Square (também coloquialmente conhecida como Fed Square) é um centro cívico e recinto cultural da cidade de Melbourne, Austrália, inaugurado em 2002. É um empreendimento de uso social e cultural, cobrindo uma área de 3,2 hectares e gira em torno de dois grandes espaços públicos: praças abertas (St. Paul’s Court e The Square) e uma praça coberta (The Atrium). Ela foi construída em cima de uma plataforma de concreto, posicionada estrategicamente sobre linhas ferroviárias. Está localizada na interseção entre Flinders Street e Swanston Street/St Kilda Road, no coração dos negócios de Melbourne e é adjacente à estação ferroviária mais movimentada da cidade,  a Flinders Street Station. É a segunda atração turística mais popular do Estado de Victória, com mais de 9 milhões de visitas em 2011. É considerado um dos projetos de construção mais complexos e ambiciosos já realizados na Austrália. O design arrojado e audacioso é o resultado do trabalho de um laboratório de Arquitetura em conjunto com os maiores arquitetos australianos. Numa fusão única de atividades cívicas e culturais, é reconhecida internacionalmente como um dos maiores espaços públicos do mundo.
Hospedando mais de 2000 eventos a cada ano, a Federation Square vibra com festivais culturais, exposições, lançamentos de eventos, performances, fóruns, filmes, concertos e desfiles de moda. A vida na Fed Square é tão rica e vibrante, que não há dúvida de se encontrar algo emocionante acontecendo sempre que você for visitá-la. É onde acontecem as manisfestações, comemorações, Copas do Mundo, celebrações de Ano Novo, enfim, todo tipo de celebração conjunta. Foi lá que a Rainha da Inglaterra apareceu, para ser ovacionada pelos seus “súditos” aussies; onde Oprah “deu o ar de sua graça”, quando visitou a Austrália; onde pessoas comuns se encontram diariamente e onde povos de diversas partes do mundo celebram a multiculturalidade de Melbourne. Esse lugar tão querido pelos “melbournianos” está fazendo 10 anos e, para comemorar, todos estão convidados para um fim de semana de atividades gratuitas de 25-28 de outubro. Se você já está por aqui, não deixe de fazer parte dessa festa linda; se você está lendo meu post longe da Austrália, agora já conhece mais um lugar importante por aqui e pode planejar uma visita em sua passagem por essa cidade maravilhosa. Parabéns, Federation Square!!!

5 Coisas Imperdíveis Em Melbourne (IV)

Com a chegada da primavera, o clima melhorando um pouquinho (POUCO MESMO, acredite; quase não dá pra perceber…), toda a cidade começa a parecer mais animada, mais alegre, mais cheia de gente passeando e planejando passeios externos. Melbourne é linda em qualquer época do ano, mas, como amante do inverno, devo confessar que tudo parece mais “alegre”, inclusive as pessoas, quando começa a esquentar. Uma das atrações que mais gosto, com certeza merece um clima quente e um lindo dia de sol. Se você for um admirador do frio, assim como eu, não veria problema algum em fazer esse passeio no inverno, desde que fosse num agradável dia de sol. Aqui venta tanto, mas tanto, que é capaz da gente sair voando, se o clima não estiver realmente favorável. Infelizmente, só fica disponível em épocas mais quentes do ano. Por isso vale a pena conferir, se estiver por aqui nesse período.

4. Passeio de Barco pelo Rio Yarra: você pode explorar Melbourne através de um pitoresco passeio de barco pelo Rio Yarra, a antiga hidrovia que continua a nutrir e a definir a cidade. Os melhores operadores de barcos de Melbourne estão localizados na Federation Square – e oferecem uma gama de passeios e serviços de pequenos cruzeiros para visitantes e moradores. É uma ótima maneira de explorar a excitante cidade, porém de uma forma diferente, através de outros ângulos e aspectos. O serviço funciona entre novembro e março, e permite que os passageiros tenham vistas inéditas durante todo o dia. Um dos meus itinerários prediletos é o que sai da City, em frente ao Southgate, um pequeno centro de compras e restaurantes na beira do rio. De lá, o barco parte em direção ao mar, sentido Docklands, passando pelo porto e ancorando no bairro de Williamstown, um dos lugares mais adoráveis de Melbourne. Você pode comprar o passe ida e volta, já que o barco fica ancorado lá por algumas horas. Você pode usar esse tempo passeando pelas lojinhas, restaurantes, cafés e parques lindos à beira-mar. Com certeza, um dos passeios mais agradáveis que se pode fazer pela cidade, num dia de sol e calor. Imperdível!!!

5 Coisas Imperdíveis Em Melbourne (II)

Como já disse no primeiro post, nem todas as sugestões agradam a todos os tipos de pessoas. Essa de hoje, por exemplo, não me agrada nem um pouco, mas acho mega legal! Na realidade, é um sonho do meu marido fazer isso; eu dou o maior apoio, claro, mas prefiro ficar lá do lado de fora só filmando e fotografando! Não tenho espírito aventureiro, sou medrosa, covarde e tenho muito zelo e amor à própria vida! Costumo brincar com os meus amigos, que eles nunca vão ouvir uma notícia tipo: “a Carol morreu pulando de bungee jump, você soube? “Menina, viu que triste o que aconteceu com a Carol? Foi saltar de pára-quedas e o dito cujo não abriu!” Ou ainda uma notícia de jornal: “Brasileira morre ao ser atacada por um tubarão na Austrália”! Se depender da minha própria vontade, nunquinha vou passar por uma situação dessas… Mas, tem gente que curte, vai lá e FAZ! Admiro pra caramba! Confesso que acho lindo esse tipo de gente, que adora uma coisa diferente, radical, e arrisca tudo por um momento de adrenalina desses… Pena que eu não sou assim… Por isso, meu marido vai sozinho em sua aventura alucinante:

2. MERGULHAR COM OS TUBARÕES NO MELBOURNE AQUARIUM: aberto em 2000, é uma das principais atrações turísticas da cidade. Com quatro fantásticos mundos a explorar, o Melbourne Aquarium apresenta uma educativa e divertida viagem pelo mundo dos oceanos. Localizado junto à pitoresca margem do rio Yarra, no CDB, o Aquário oferece um inesquecível dia de passeio para toda a família. Como é a casa de milhares de animais aquáticos, tornou-se um veículo de entretenimento e experiência educacional com quatro diferentes “mundos” a serem descobertos e explorados. Maravilhe-se com o mundo dos pinguins da Antártida, prepare-se para ser surpreendido pelo ambiente aquático realmente “Weird and Wonderful” (Estranho e Maravilhoso), a viagem dos rios para os recifes de corais e experimente a inspiradora vida dos tubarões vivos. Aliás, você pode não apenas ver os tubarões do lado de fora dos tanques, como pode optar por MERGULHAR no meio deles!!! Existe também um outro pacote muito legal, que garante acesso livre a todas as partes exclusivas do Aquário. Nesse pacote (THE ULTIMATE EXPERIENCE), você poderá participar de uma caminhada no tanque dos tubarões, com todo o arsenal necessário para um escafandrista. Poderá também participar ativamente da alimentação dos peixes de todo o Aquário, terá acesso ao espaço com temperaturas abaixo de zero onde vivem os pinguins e conhecerá os bastidores da vida marinha, preparação da comida e toda a parte interna, normalmente fechada aos visitantes normais. Enfim, o Aquário oferece diversão garantida para todos os bolsos, para os apaixonados pela vida marinha e para aqueles mais corajosos, que sonham em ficar frente a frente com os animais mais perigosos da vida marinha. Quanto a mim, ficar observando pelo vidro ainda é a melhor diversão!!!

5 Coisas Imperdíveis Em Melbourne (I)

Nunca foi segredo pra ninguém que lê o meu Blog o quanto eu sou apaixonada por essa cidade! Mas a gente vai vivendo por aqui e vai descobrindo umas coisas tão legais, que realmente começa a acreditar que esse é um dos lugares mais interessantes para se visitar ao redor do mundo. Claro, se a gente tiver dinheiro, consegue extrair o melhor de qualquer lugar… Porém, aqui existem tantas opções, tantas coisas imperdíveis, que me levam a pensar no quanto deve  ser maravilhoso explorar isso aqui com muito dinheiro no bolso! Bem, enquanto a gente não tem a fortuna que gostaria para explorar cada cantinho, vai reunindo mais alguns sonhos na “lista de coisas para fazer antes de morrer”. Com certeza, existem milhares de coisas incríveis que eu ainda não descobri, mas decidi compartilhar essas cinco porque acho que valem mesmo a pena. Nem todas as 5 coisas agradam a todos, nem mesmo à minha pessoa, mas que elas são super “cool”, ah, elas são!

1. THE TRAM CAR RESTAURANT: é o mais popular e renomado Tour pelas ruas de Melbourne, destacado pela maioria dos visitantes. É um jeito diferente de experienciar o real ambiente e sentimento da cidade, enquanto saboreia comida de primeira classe. Por sua fama, é necessário uma reserva com antecipação, especialmente se for para a comemoração de uma data especial. É o programa ideal para um jantar romântico! O restaurante funciona em uma espécie de bonde vintage (de 1948), totalmente adaptado, que circula pelas ruas de Melbourne, South Melbourne, St. Kilda e Prahan. Ele é todo pintado e decorado em tons de “burgundy” tradicional, seguindo a tendência dos antigos trens europeus. Você pode escolher entre os horários de almoço, jantar mais cedo ou jantar mais tarde, incluindo bebida a vontade e café, para encerrar com chave de ouro. A comida é muito boa, com cardápio variado, a ser escolhido logo na chegada. O serviço a bordo é excelente e divertido, com uma equipe de primeira! Muitas pessoas que têm viajado pelo mundo afirmam jamais terem vivido uma experiência como essa em nenhum outro lugar. Particularmente, foi umas das coisas que eu mais AMEI ter feito em toda a minha vida! Inesquecível. Totalmente RECOMENDO! Confira no vídeo abaixo, enquanto aguarda a minha próxima postagem sugerindo a segunda atração…