“Ouvindo Deus Na Austrália… Ops! Na Tormenta…”

Quem me conhece sabe que Max Lucado é meu autor preferido! Ele tem o talento para escrever, sensibilidade para tocar, acessibilidade para ser canal de Deus na vida das pessoas! No meu caso, ele tem pureza suficiente para ser VOZ de Deus em minha vida, minha mente, meu coração! Ouço Max através de seus escritos. Ouço Deus através de Max. Ouço meu coração através de Deus. Ouço meus medos, dúvidas, ansiedades, através de meu coração.

Dia desses estava procurando um livro prá ler; na verdade, prá reler, porque já não tenho mais nada novo nem inédito em Português! Graças à Deus, Max está em todas as livrarias por aqui, mesmo que em Inglês! Mas eu queria algo em Português, que eu pudesse parar de pensar em Inglês, ou me desligar dessa língua que sou obrigada a estudar e usar todos os dias… Sabe como é, né? Em Português, não me sinto como se estivesse ESTUDANDO!

De repente, me deparei como ele! “Ouvindo Deus na tormenta”. Na contra capa, comecei a ler: ” Até onde você quer que Deus chegue para captar sua atenção? Não responda muito depressa. Pense um pouco. E se Deus o mudasse para outra terra, como fez com Abraão?” Ops! Bem aí eu parei. E meus olhos se encheram de lágrimas imediatamente. Lágrimas conhecidas, íntimas, que foram choradas tantas vezes regando as mesmas dúvidas, os mesmos questionamentos. Por quê estou aqui? Quanto tempo isso vai durar? Por quê tão longe? O Senhor não poderia fazer tudo que precisa, me deixando lá mesmo, bem onde estava?

E então, durante a leitura, fui encontrando respostas à todas essas perguntas. Fui ouvindo minhas dores e dúvidas, minhas falhas e temores, meus erros e acertos… Fui ouvindo Max e seus exemplos claros e simples. Fui ouvindo Deus tão longe de casa, da família, dos amigos mais íntimos. Fui ouvindo os planos Dele e entendendo coisas que não entenderia no meu lugar de segurança, na minha zona de conforto. De fato, assim como Abraão, fui mandada para uma terra distante, longe de tudo que me fazia sentir-me “em casa”!

Longe das pessoas que eu mais amava. Longe dos lugares que têm mais significado em minha vida. Longe da Igreja que me alimentava espiritualmente. Longe da língua que domino. Longe da certeza de que se precisasse de ajuda, sempre teria à quem recorrer. Longe da dependência de relacionamentos construídos ao longo de toda uma vida. Longe das minhas convicções. Longe dos meus planos pessoais. Longe da minha arrogância, por achar que sabia muito. Longe da minha prepotência, por acreditar que havia conquistado uma posição. Longe do perigo de querer caminhar sozinha, achando que já sabia o que era melhor prá mim mesma.  Longe da minha vontade de crescer e tornar-me independente.

E hoje, longe de tudo isso, tenho aprendido que ELE nunca está longe. Minha maior lição nisso tudo até agora, é que não importa quão longe eu esteja, quão sozinha eu me sinta, quão perdida eu me encontre, quão difícil seja começar tudo do zero, ELE SEMPRE ESTÁ POR PERTO! E sempre vai se fazer ouvir. Se eu permitir. Se eu buscar. Se eu abrir meus ouvidos. Se eu prestar atenção… Esse é o lugar onde eu mais desejo estar hoje. Ouvindo meu coração. Ouvindo Max. Ouvindo Deus. Ouvindo Deus na Austrália. Ouvindo Deus na tormenta. Ouvindo Deus na tormenta da minha vida.

Anúncios